Forte chuva causa transtorno na região

  • Redação Clubei

Forte chuva causa transtorno na região

A chuva que caiu na noite desta sexta-feira (10) em São João Batista e região causou alagamentos e transtorno. De acordo com moradores, os bueiros não suportaram o excesso de água e as ruas acabaram se transformando em rios.

Além da sujeira trazida pela água, houve prejuízos em algumas residências por conta da água que entrou nas casas. Houve também o registro da queda de um muro no Bairro Timbezinho.

De acordo com informações foi registrado um total de 100mm de chuva, nas últimas 24 horas. A guarnição de serviço do Corpo de Bombeiros foram acionados e deslocaram para atendimento nos bairros Carmelo e Ribanceira do Sul, onde houve pontos de alagamento. As equipes de socorro permaneceram em atenção durante toda a noite. Não houve registro de feridos.

A previsão do tempo indica que a situação se repetirá durante todo o fim de semana.

SITUAÇÃO NA REGIÃO

Pontos de alagamento, escassez de água e pessoas ilhadas: esse foi o resumo da madrugada chuvosa deste sábado (11).

De acordo com a Prefeitura de Tijucas, por horas não foi possível captar nem tratar a água da cachoeira devido à grande quantidade de folhas. A alta turbidez da água do rio também impossibilitou o tratamento.

No entanto, o sistema foi religado ainda durante a madrugada, mas é necessário que os moradores economizem água neste sábado (11).

A prefeitura ainda comenta que problemas como estes devem ser resolvidos de vez a partir da construção de uma nova estação, no Itinga.

Pouco depois da meia noite, o Corpo de Bombeiros foi acionado para retirar pessoas que estavam ilhadas no bairro Alto São Bento, em Itapema. O mesmo aconteceu em Bombinhas, na localizada de José Amândio.

Em Porto Belo a situação se repete, mas com um adendo: uma mulher pediu ajuda aos bombeiros, no entanto, devido ao desespero de ter a casa alagada, não atendia às recomendações do Cobom.

Fotos: Divulgação

Deixe seu Comentário

Sua opnião é importantíssima para continuarmos a melhorar nosso trabalho.