POLÊMICA: Moradores não querem água do Sisam

  • Redação Clubei

POLÊMICA: Moradores não querem água do Sisam

O projeto já está em andamento, mas divide opinião dos moradores do distrito de Tijipió. Após ter sido transformado em área urbana, o Serviço de Infraestrutura, Saneamento e Abastecimento de Água Municipal (Sisam), iniciou processo para levar a canalização da autarquia até a localidade. Além de Tijipió, Arataca e Colônia também devem receber a rede de abastecimento.

Projeto vem levantando polêmica no Distrito de Tijipió

Projeto vem levantando polêmica no Distrito de Tijipió

O investimento será de R$ 615 mil e está paralizado por falta de licenças da Fundação de Meio Ambiente (Fatma) e Deinfra. Só a estrutura de encanamento custará aproximadamente R$ 300 mil. O projeto foi iniciado ainda na gestão anterior. De acordo com o diretor do Sisam, Gabriel Dias, nenhum dos moradores será obrigado a pedir ligação no sistema.

Atualmente Tijipió, Arataca e Colônia são auto-suficientes no abastecimento de água. Cada localidade tem sua área de captação, que fica dentro de terras particulares. Segundo fontes ouvidas pelo clubei.com, a comunidade não aceita ter que pagar pelo fornecimento de água, já que por décadas são abastecidas gratuitamente por nascente próximas.

Apesar da água não receber tratamento, os moradores alegam que nunca apresentaram problemas de saúde causadas pela água. Os moradores recebem água gratuitamente, mas, os custos são dos cofres municipais. Todos os reparos na canalização de Tijipió, ou novas instalação são arcados pela Intendência do Distrito.

Fonte que não quis ser identificada, diz que com a implantação da rede no Tijipió, o município terá dois “trabalhos”: um do Sisam e outro da intendência. Como os moradores não serão obrigados a integrar a Rede da autarquia municipal, a Intendência será obrigada a continuar dando assistência aos moradores. “De 100 pessoas, 30 nem aceitam falar na possibilidade de pagar pela água”, diz.

Para levar água de São João Batista para Colônia, Tijipió e Arataca, o Sisam terá que construir mais de 20 quilômetros de canalização. Apesar de vozes contrárias ao projeto, nas próximas semanas as licenças da Fatma e Deinfra devem ser oficializadas e as obras devem seguir.

PARTICIPE DA DISCUSSÃO:

E você? Acha que o Sisam deve investir em canalização de água até Colônia, Arataca e Tijipió? Deixe seu comentário no campo abaixo.

Deixe seu Comentário

Sua opnião é importantíssima para continuarmos a melhorar nosso trabalho.