Até dezembro 41 casas serão entregues para famílias batistenses

  • Redação Clubei

Até dezembro 41 casas serão entregues para famílias batistenses

Batistenses da área rural estão sendo beneficiados com o Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), e 15 casas estão prontas para serem entregues nos próximos dias. Moradores de Colônia, Fernandes e Arataca, que tinham o perfil exigido, foram contemplados. De acordo com a secretária de Assistência Social, Janifer Otto, só falta à medição final da Caixa Econômica Federal para que as famílias recebam a chave da nova residência.

Na foto a secretária de Assistência Social, Janifer Otto e o prefeito Daniel Cândido.

Na foto a secretária de Assistência Social, Janifer Otto e o prefeito Daniel Cândido.

O programa facilita a aquisição de moradias de trabalhadores do campo por meio de financiamentos a subsídios menores do que o valor de mercado. Enquadram-se no programa os agricultores familiares e os trabalhadores rurais. Além da casa nova as famílias beneficiadas recebem também capacitação técnica e orientação sobre gestão da propriedade, melhorias das moradias, cooperativismo, participação da mulher na gestão da propriedade e ações que visem à permanência do jovem no campo.

“Na área rural é muito difícil conseguir financiamentos para construção. É complexo para que as famílias consigam acessar os programas de moradia do Governo Federal”, afirma Janifer. A maioria dos beneficiários em São João Batista são idosos e as casas estavam em situação de deterioração. Segundo a secretaria municipal, as novas residências vão melhorar a qualidade de vida dessas pessoas.

Até dezembro deverão ser entregues 41 moradias populares no município. Diversas casas estão sendo construídas simultaneamente para que o cronograma das obras seja cumprido. Para concluir a meta para 2013 faltam construir somente 10 novas residências. Essas edificações serão entregues as famílias com toda a documentação regularizada, incluindo o Habite-se, que é o termo que garante que casa pode ser habitada. “A Caixa tinha estabelecido janeiro ou março para conclusão, mas vamos finalizar antes da data estabelecida pelo banco. Nossa intenção é contratar mais casa, e não podemos sem que estas estejam prontas”, diz Otto.

Demanda por moradia popular ainda é alta em São João Batista e novos programas deverão ser pactuados pela Assistência Social em 2014. De acordo com a secretária de Janifer Otto, a intenção para o próximo ano é trabalhar com a construção de apartamentos, focando as famílias que pagam aluguel. O impasse está na localização de terreno apto para execução do projeto. A Caixa Econômica Federal exige que esses residenciais sejam construídos próximos aos equipamentos públicos como Postos de Saúde, Creches e Escolas.

 

Deixe seu Comentário

Sua opnião é importantíssima para continuarmos a melhorar nosso trabalho.