Mais uma vez Turistas terão que pagar para entrar em Bombinhas

  • Redação Clubei

Mais uma vez Turistas terão que pagar para entrar em Bombinhas

Desde o último dia 15 deste mês de novembro, a Prefeitura Municipal de Bombinhas, passou a cobrar novamente a Taxa de Preservação Ambiental. Todos os anos milhares de turistas visitam as praias da cidade e nos últimos dois anos a taxa vem sendo cobrada. O valor da cobrança varia com o porte do veículo.atpa

Motos e veículos de até 2 passageiros R$ 3,00; Veículos de pequeno porte (passeio/automóvel) 8 até passageiros R$ 24,00; Veículos utilitários (caminhonete e furgão) até 12 passageiros R$ 36,00; Veículos de excursão (van) e micro-ônibus até 16 passageiros R$ 48,00; Caminhões e veículos até 24 passageiros R$ 72,00; Ônibus e veículos com 40 ou mais passageiros R$ 120,00.

A cobrança vai até 15 de abril de 2017 e visa equacionar os prejuízos de ordem ambiental pelo volume excessivos de pessoas e veículos no pequeno espaço territorial do município na alta temporada.

Este ano, algumas mudanças exigidas pela Prefeitura foram feitas para aperfeiçoar o sistema, que será mais moderno, rápido, estável e transparente. O objetivo é otimizar o tempo de atendimento. Os fiscais e atendentes estão recebendo capacitação para o novo sistema e em língua espanhola.

O cadastramento de isenção foi iniciado em 10 de outubro para os veículos que realizam abastecimento no comércio e prestadores de serviços, veículos transportando artistas e aparelhagem para espetáculos, feiras, convenções, veículos de empresas concessionárias de serviços públicos, veículos de trabalhadores no município e de proprietários de imóveis.

Os veículos com placa estrangeira serão os únicos abordados fisicamente pelos agentes dispostos nos dois acessos a Bombinhas e deverão realizar o pagamento antecipadamente. Para os outros casos, o visitante deve se dirigir a um ponto comercial cadastrado, a um ponto oficial de recolhimento da TPA, nos 2 totens de autoatendimento ou ainda pagar antecipadamente, através do site da Prefeitura Municipal que também recebeu melhorias.

A taxa vale por 24 horas. A cobrança é por entrada no município. Sendo que as 24 horas de validade são contadas da última entrada tarifada. Se desejar o visitante poderá recolher a taxa imediatamente, em qualquer dos pontos de atendimento. Ao deixar a cidade sem o pagamento, o prazo máximo sem incidência de juros e multa é 30 dias contados da entrada no município.

Deixe seu Comentário

Sua opnião é importantíssima para continuarmos a melhorar nosso trabalho.