Prefeito começa gestão economizando e cortando gastos

  • Redação Clubei

Prefeito começa gestão economizando e cortando gastos

O ano de 2016 foi um dos piores anos já enfrentados pela economia do Brasil, crise política e recessão levaram o país a mergulhar em um mar de desemprego, além do endividamento dos estados, uma previdência quebrada são fatores que tornaram 2016 um ano para ser esquecido.

Diante deste cenário crise, prefeitos de norte a sul do país, assumiram seus postos neste dia 1º de janeiro com a mesma promessa, economizar, cortar gastos, fazer reformas entre outras práticas, afim de não gastar o dinheiro que segundo os próprios gestores não existe. Os prefeitos do Vale do Rio Tijucas, sem exceções, tiveram seus discursos de posse tomados pelo tom de contenção e realidade de um país que promete uma recuperação econômica apenas para o segundo semestre deste ano.15826248_555425664627992_8420553478608345364_n

Em São João Batista, Daniel Netto Cândido começou seu governo, nomeando apenas 12 cargos comissionados, dos mais de 120 postos existentes na administração, em entrevista à Rádio Clube, o prefeito destacou a nomeação de Gilberto Montibeller como secretário de agricultura e no comando da intendência. Com a fusão das duas secretarias o município deverá ter uma economia de aproximadamente R$ 250 mil nos próximos quatro anos.

Da mesma forma a nomeação de Antônio da Silva como secretário de saúde, o município deve ter economia do salário que o ex-prefeito de Canelinha receberia por ser funcionário efetivo da área da saúde no município, assim como a secretária de assistência social Janifer Otto também funcionária efetiva da própria secretaria. Desta forma Daniel deve enxugar a máquina e reter gastos, prometendo nomear apenas os funcionários de autarquia necessários para manter os serviços.

Deixe seu Comentário

Sua opnião é importantíssima para continuarmos a melhorar nosso trabalho.