Polícia Federal começa a ouvir testemunhas do caso da gasolina

  • Redação Clubei

Polícia Federal começa a ouvir testemunhas do caso da gasolina

A Polícia Federal circunscrição de Florianópolis está procedendo ouvida de testemunhas relacionadas ao famoso caso da suposta distribuição de combustível em troca de votos em São João Batista. Fato este originado por diversas denúncias durante o período eleitoral da prática ilícita de capitação de votos.

Na época, a vinda da Polícia Federal a cidade ganhou grande repercussão. Circulou pelas redes sociais um vídeo em que um empresário ligado à coligação envolvida no suposto esquema, afirmava que a Polícia esteve na cidade e que nada encontrou, e que inclusive o mesmo havia almoçado com os Policiais.

As pessoas que estão sendo intimadas vão prestar informações em inquérito policial instaurado pela Polícia Federal, esta por sua vez, só instaura inquérito quando tem fortes indícios dos fatos que estão sendo investigados.

O caso ganhou visibilidade, pois em um determinado posto de combustíveis da cidade eram constantes as filas com diversos veículos com adesivos alusivos a apenas uma coligação. O que não ocorria nos outros postos, evidenciando ainda mais a prática ilícita.

A investigação da Polícia Federal poderá resultar em processos crimes contra o candidato a prefeito e aos vereadores que participaram do suposto esquema.

Na justiça eleitoral já tramita ação de investigação no 0000544-89.2016.6.24.0053  contra 22 políticos da cidade, caso seja provada a participação dos políticos no suposto esquema, poderá culminar com cassação e inelegibilidade, causando uma grande mudança no Legislativo batistense.

Deixe seu Comentário

Sua opnião é importantíssima para continuarmos a melhorar nosso trabalho.