Novo reservatório garante abastecimento de água mesmo após enxurrada e alagamentos

  • Redação Clubei

Novo reservatório garante abastecimento de água mesmo após enxurrada e alagamentos

Que os últimos dias foram de chuva muito além do normal, isto toda população não só de São João Batista, como de todo estado, percebeu. Diferente de anos anteriores, além de toda preocupação, foi um verdadeiro teste para o novo reservatório do Serviço de Infraestrutura, Saneamento e Abastecimento de Água Municipal – SISAM. Inaugurado no fim de março, ele guarda 2 milhões litros de água e duplicou a quantidade de água tratada do Município.  A diretora da autarquia, Andréia Costa Azevedo conta que os últimos dias foram de muito trabalho devido ao risco iminente de enchente, mas também de muita satisfação, pois antes do novo reservatório, principalmente com as fortes enxurradas, logo faltava água devido a problemas nas redes ou então galhos e folhas que danificavam a captação”.

O prefeito Daniel Netto Cândido lembra que tiveram que abrir mão de outras obras como pavimentações para decidir construir o novo reservatório, pois enxergavam a obra como prioridade num futuro próximo,  diante do crescimento populacional do Município.

“Ficamos muito contentes em poder mostrar esses resultados para população”, acrescentou o prefeito.

Raio-x da chuva

De acordo com a secretária de Assistência Social, Janifer Otto, três famílias foram atendidas no abrigo no Centro de Eventos e  nesta terça-feira já haviam saído e ficaram apenas os móveis para serem retirados. Uma média de 50 famílias ficaram desalojadas e cerca de 1000 moradias foram atingidas. O coordenador da Defesa Civil, Ivânio Pizzi informa que sete comunidades foram afetadas diretamente. São elas: Ribanceiras do Sul e do Norte, Cardoso, Carmelo, Rio do Braço, Tajuba 1, Jardim São Paulo. Pizzi frisa que atenderam muitos casos de pequenos deslizamentos a grandes, como o desmoronamento da pista da SC-108. “Deve ser observado qualquer movimento de terra ou rochas próximas a residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil municipal pelo 199 ou o Corpo de Bombeiros 193”.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Deixe seu Comentário

Sua opnião é importantíssima para continuarmos a melhorar nosso trabalho.