Festa de Santa Paulina é realizada no Santuário

  • Redação Clubei

Festa de Santa Paulina é realizada no Santuário

Após 12 dias de preparação com temas variados para reflexão sobre a trajetória de Santa Paulina, o Santuário realizou no último domingo (13), a grande festa litúrgica dedicada à primeira santa do Brasil.

Com o tema: Santa Paulina e a família e o lema: “É na família que nasce o amor e a doação” as festividades no Santuário iniciaram por volta das 5h30 com alvorada de fogos. Às 6h iniciou a primeira celebração do dia com transmissão ao vivo, pela rede Aparecida de Comunicação. Às 8h foi celebrada uma missa festiva e logo após, teve inicio a procissão da frente da Capela Nossa Senhora de Lourdes até o Santuário.

Centenas de fiéis acompanharam a procissão, mesmo sob garoa, com muita alegria e louvor. Meninas vestidas de coloninhas representaram a infância de Amábile, uma família de devotos representou a família de Santa Paulina e vestidas a caráter, meninas representaram a juventude da Santa, vindas da cidade de Navegantes da Igreja Santa Paulina de Gravatal. Toda a procissão foi transmitida pela Rede Século 21, pelo Voz do Santuário, apresentado por Ir. Neusa Santos-ciic.

O momento solene da festa litúrgica foi a celebração das 10h presidida pelo Bispo Emérito da Igreja de Florianópolis, Dom Vitus Schlickmann, com a participação de mais de três mil fiéis na celebração, transmitida, ao vivo, pela Rede Século 21.

Em sua homilia, Dom Vitus se baseou no salmo do dia (64) dizendo, “nós todos somos semeadores, Santa Paulina foi uma grande semeadora pelo seu exemplo de vida. Ela semeou a palavra de Deus. Tudo o que fez, caiu em terra boa e deu frutos”.

A celebração contou ainda com um momento único: o “Testamento e bênção” de Santa Paulina, musicado e gravada por Irmã Egnalda Rocha. Cantado por Ir. Célia Bispo, o Testamento teve o seu auge com a entrada de Ir. Lígia Mora, que representou a canção caracterizada de Santa Paulina, junto com meninas que simbolizavam suas seguidoras.

Zita Guerreiro é devota de Santa Paulina e acompanhou as transmissões pela internet de Portugal e disse que as celebrações para ela fazem despertar o amor que ela tem por Deus e por Santa Paulina, “absolver tudo o que ouço e vivenciar no meu dia a dia é o oxigênio de minha alma”.

Para Ir. Maria Adelina da Cunha, diretora do Santuário, esta festa foi uma grande manifestação de fé, “peregrinações de vários estados se fizeram presentes, era possível ver a alegria do povo por meio dos sorrisos, das palmas e do louvor feito com as bandeirinhas brancas e azuis”.

O Santuário agradece  a todos que  ajudaram enfeitando suas casas e estabelecimentos comerciais, como também aqueles que colaboraram como patrocinadores: Restaurante Dalnete, Floricultura Criativa de Camboriú, aos decoradores Patrícia e Marlon. Gratidão especial também  a Polícia Militar de Nova Trento, à Prefeitura e aos editores do jornal O Trentino, pelo apoio.  Santa Paulina lhes abençoe.

Deixe seu Comentátio

Sua opnião é importantíssima para continuarmos a melhorar nosso trabalho.