Brusque vence fora de casa e finaliza estadual na quarta colocação

  • Redação Clubei

Brusque vence fora de casa e finaliza estadual na quarta colocação

A edição de 2017 do Campeonato Catarinense terminou com vitória para o Brusque FC. Jogando na Arena Joinville, o Bruscão bateu a equipe local por 1 a 0 e por pouco não garantiu a sonhada vaga para mais uma edição da Copa do Brasil. No norte, a equipe fez sua parte, mas no sul, o Criciúma venceu a Chapecoense por 1 a 0 e garantiu a terceira colocação do estadual. O Brusque tinha a vaga nas mãos até os 36 minutos do segundo tempo, mas o gol de Pitubull tirou da equipe a vaga na Copa do Brasil. O Brusque encerra a competição na quarta colocação, com 29 pontos, dois a menos que o Tigre, que ficou com 31.

Agora a equipe vai tentar a vaga na Copa do Brasil via Copa SC. Caso a competição não seja realizada. Assim, garante presença na competição nacional pela quarta colocação no estadual.

RESUMÃO
O Brusque foi a Joinville dependendo de dois resultados. O seu diante do time misto do JEC, e o da Chapecoense, que, também com time misto, precisava segurar o Criciúma. No norte, a equipe brusquense fez seu papel ao vencer o rival por 1 a 0. Já no sul, a Chape segurou o rival até os 36, mas o gol de Pitbull deu fim à esperança brusquense de jogar novamente o torneio nacional.

O JOGO
Durante os 90 minutos, o Joinville tentou a todo custo a vitória, mas parou num inspirado goleiro Dida, fundamental para garantir o triunfo por 1 a 0. Foram pelo menos quatro grandes defesas que seguraram o ímpeto dos donos da casa. Na frente, o Brusque finalizou pouco, mas mostrou eficiência. O gol de Leilson, aos 38 minutos do primeiro tempo, garantiu a vitória por 1 a 0.

PRIMEIRO TEMPO
Num primeiro tempo de raras oportunidades de gol, o Joinville criou as três principais dos primeiros 45 minutos. Em três delas parou no goleiro Dida.

O primeiro chute do jogo só ocorreu aos 25 minutos, em finalização de Breno que o goleiro defendeu no cantinho. Aos 30, Aldair bateu falta e Marlyson, sozinho, bateu para fora e perdeu um gol incrível, após dominar livre.

Aos 35, Dida salvou novamente em chute de Juninho. No único chute do Brusque com direção ao gol na primeira etapa, Leilson guardou. Aos 39, após rebote da zaga, o jogador dominou de fora da área e bateu no cantinho para fazer o gol da vitória brusquense. Antes do apito final do primeiro tempo, Dida voltou a fazer um milagre em chute de Breno.

SEGUNDO TEMPO
O Joinville iniciou o segundo tempo com uma forte pressão em cima do Brusque. Com apenas 1 minuto, Dida voltou a salvar o empate em nova finalização de Marlyson. O Brusque respondeu com Ricardo Lobo, que por sua vez parou em Jonathan. Na pressão, o time da casa levava perigo.

Aos 25, Bruno Rodrigues tirou de Dida e por pouco a bola não entrou. O Brusque criou chances no contragolpe. Lobo quase marcou um golaço em cavadinha. Belusso também desperdiçou, já no fim da partida, a chance de terminar sozinho como artilheiro da competição. Com 11 gols, jogador terminou empatado com Renteria, atacante do Tubarão.

Foto e informações: Assessoria de Imprensa do Brusque Futebol Clube

Deixe seu Comentário

Sua opnião é importantíssima para continuarmos a melhorar nosso trabalho.