Luciano Hang esclarece a pergunta “De quem é a Havan?”

  • Redação Clubei

Luciano Hang esclarece a pergunta “De quem é a Havan?”

Na manhã desta segunda-feira (28), o empresário Luciano Hang, proprietário das lojas Havan, realizou uma coletiva de imprensa na sede da loja Matriz no município de Brusque. Dentre os assuntos expostos pelo empresário esteve o tema da nova campanha da empresa, “De quem é a Havan ?”.dsc00476

Segundo Luciano Hang, nestes 30 anos de Havan, boatos já vincularam a marca a empresários Coreanos, Americanos e Chineses, mas recentemente com o macro crescimento e expansão das lojas, o empresário viu a marca ser vinculada a políticos brasileiros, a outros empresários e uma dúvida nacional, a quem realmente pertencem as 94 lojas Havan espalhadas pelo país? Diante disso Luciano Hang de 54 anos, esclarece “não tenho sócios, ou qualquer parceria com órgãos públicos, sou presidente e único dono da empresa”, que hoje conta com mais de dez mil colaboradores.

Para esclarecer qualquer dúvida e não ver o nome da empresa mal associado, Luciano Hang torna-se a partir de 30 de novembro “Garoto Propaganda” da loja. O empresário esclarece que teve um sócio até o ano de 1991, e que o nome Havan surgiu desta sociedade, uma junção dos nomes dos sócios, Hang e Vanderlei que há 25 anos deixou a parceria.

Hang destaca que nunca apareceu, por sempre priorizar a marca Havan. “Nunca tive o interesse de aparecer, eu sempre valorizei e lutei pelo nome da loja, pois nunca me considerei dono da Havan, pois ela é de todos os nossos clientes”, disse o empresário proprietário de 100% das ações da empresa. Acompanhado dos dois filhos, o empresário relatou a importância do cliente, e da forma que tenta diretamente solucionar os problemas da loja.

Durante a coletiva Luciano fez ainda um balanço do ano para a loja, e garantiu ter sido um dos melhores anos da história da Havan, falou sobre o plano de chegar a marca de 100 lojas no próximo ano, as grandes surpresas no marketing da loja e as novas promoções de natal que prometem movimentar o comércio do país.

Deixe seu Comentário

Sua opnião é importantíssima para continuarmos a melhorar nosso trabalho.