Célia do Mina e a disposição ao próximo

  • Redação Clubei

Célia do Mina e a disposição ao próximo

A Câmara de Vereadores de São João Batista iniciou uma série de reportagens. Na oportunidade todas as mulheres que receberão o título de ‘Mulheres do Ano’, dividem conosco parte da trajetória de vida. A sessão solene onde todas serão homenageadas acontece na quarta-feira, 29, às 20h no Centro Cultural Professora Maria Roselene Duarte Clemes, no Centro.

Cecília Smanioto Gambeta, 80 anos, mora no Centro de São João Batista. Conhecida como Célia do Mina, é casada há 59 anos com Guilhermino Joaquim Gambeta, e em junho completam bodas de Diamante. Apaixonada pelo mar, pela família e por ajudar ao próximo, doceira de mão cheia não mede esforços quando o assunto é fazer o bem.

Católica praticante e zeladora do apostolado da oração, dona Célia mostra com orgulho as caixas de roupas, livros e calçados que arrecada para doação. “Eu gosto de ajudar, saiu a pedir para os amigos, vizinhos e pessoas da cidade coisas que não querem mais e depois levo para os brechós”, conta.

Atualmente ela faz a doação para três entidades dos utensílios arrecadados, dois de São João Batista e um de Tijucas. “Existem coisas de todos devem fazer, um é dar de comida a quem tem fome e aquecer a quem tem frio”, relata.

Ela participa do grupo de terceira idade, e sempre que pode, visita um idoso, seja para levar uma palavra amiga, de consolo ou simplesmente para fazer companhia.

Deixe seu Comentário

Sua opnião é importantíssima para continuarmos a melhorar nosso trabalho.